segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Tondela (1-2 vs. Sporting 19.02.2018)

Pepa
Substituições:

63': Pedro Nuno por 17 Joca (MO);

63': Miguel Cardoso por 77 Murilo (MAE);

74': Tyler Boyd por 15 Delgado (MAD).


Coletivo:

Marcação mista nos cantos defensivos;


Individual:

1 Cláudio Ramos (GR): Muito seguro e com reflexos apurados; Revela inteligência em todas as suas ações;

22 David Bruno (DD): Executa lançamentos laterais bastante longos;

23 Joãozinho (DE): Sobe pela certa, bem, de forma consistente, e combina bem com o extremo Miguel Cardoso;

9 Tyler Boyd (MAD): Emprestado pelo V. Guimarães;

10 Pedro Nuno (MO): Inteligente a encontrar os melhores espaços para colocar a bola; Executa bolas paradas;

11 Miguel Cardoso (MAE): Joga bem com os dois pés; Combina bem com o lateral Joãozinho, entregando-lhe o flanco em algumas jogadas;

19 Tomané (PL): Bastante móvel;

17 Joca (MO): Baixinho (1,67 m), muito irrequieto e agitador;



Ausências:

Júnior Pius e Tembeng (lesionados) e Ícaro (castigado).

Rio Ave (0-5 vs. FC Porto 18.02.2018)

Miguel Cardoso
Substituições:

68': Barreto por 20 Nuno Santos (MAD);

78': Guedes por 26 Gabrielzinho (PL);

83': João Novais por 6 Pedro Moreira (MAE).


Coletivo:

Equipa proibida de chutar a bola para longe mesmo em momentos de pressão, e que apenas sabe jogar curto, de pé para pé;

Marcação mista nos cantos defensivos;

Tarantini (mais frequentemente) e Pelé baixam alternadamente até entre os centrais para procurar a bola e iniciar a construção de jogo;

Equipa da I Liga com mais posse de bola à 23.ª jornada (61,4%);


Individual:

4 Nélson Monte (DCE): Sai bem a jogar; Foi o terceiro jogador da I Liga com mais ações com bola por 90 minutos e o primeiro entre os dos clubes não grandes (83,3), e foi o quinto jogador da I Liga com mais passes eficazes para o meio-campo adversário a cada 90 minutos (27,9), o que diz muito sobre a sua competência para iniciar a construção de jogo;

8 Tarantini (MCD): Capitão; Baixa até entre os centrais para iniciar a construção de jogo;

25 Pelé (MCE): Equilibra a equipa no momento defensivo, posicionando-se praticamente entre os centrais;

12 Geraldes (MO): Organiza o jogo da equipa e conduz bem a bola, mesmo em velocidade; Joga bem com os dois pés;

17 João Novais (MAE): Executa livres diretos, vertente na qual é especialista, e demais bolas paradas; Falso extremo; Tem um remate muito forte e gosta de tentar a meia distância; Exibiu grande eficácia de remate durante a primeira volta (23,3%), o que lhe confere uma média de um golo a cada quatro remates;

7 Guedes (PL): Segura bem a bola;


Ausências:

Gelson Dala e Leandrinho (lesionados)

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Boavista (0-4 vs. Benfica 17.02.2018)

Jorge Simão
Substituições:

46': Rui Pedro por Renato Santos (ED);

46': Kuca por Mateus (EE);

70': Fábio Espinho por Rochinha (MCD).


Coletivo:

Pressão alta, a tentar condicionar saída de bola do adversário, com zonas e momentos de pressão muito bem definidos;

Yusupha passou para ponta de lança com a saída de Rui Pedro e entrada de Renato Santos;


Individual:

17 Carraça (DD): Executa bolas paradas; Pouca qualidade na marcação;

10 Fábio Espinho (MCD): Organizador de jogo;

25 David Simão (MCE): Executa bolas paradas; Tem qualidade de passe;

8 Yusupha (ED/PL): Não muito rápido;

18 Kuca (EE)Destro na esquerda, a procurar fletir para o meio;



Ausências:

Bulos e Edu Machado (lesionados).

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Sp. Braga (0-3 vs. Marselha 15.02.2018)

Abel Ferreira
Substituições:

61': Paulinho por Wilson Eduardo;

72': João Carlos Teixeira por André Horta;

75': Dyego Sousa por Hassan;


Coletivo:

-


Individual:

36 Bruno Viana (DCE): Quarto central das seis principais ligas europeias com menos dribles consentidos por 90 minutos (0,07), uma autêntica muralha que não se deixa enganar;

11 Danilo (MCD): Possante (1,82 m), segura bem a bola;

35 Vukcevic (MCE): Parece que joga em pezinhos de lã; Não é muito rápido a recuperar posição nem agressivo e dá a ideia que se esconde do jogo; Decide bem com bola;


Ausências:

Marafona, Ricardo Ferreira e Fransérgio (lesionados) e Raúl Silva (castigado)

Marselha (3-0 vs. Sp. Braga 15.02.2018)

Rudi Garcia
Substituições:

59': Amavi por 2 Sakai (DE);

70': Germain por 26 Thauvin;

78': Payet por 29 Anguissa;


Coletivo:

Equipa muito pressionante;

Variações entre futebol apoiado e direto;


Individual:

17 Sarr (DD): Lateral muito rápido, de pendor ofensivo;

18 Amavi (DE): Destro na esquerda, joga bem com os dois pés; Emprestado pelo Aston Villa;

27 Maxime López (MCD): Muito pequeno (1,67 m), mas muito rotativo;

19 Luiz Gustavo (MCE): Médio de processos simples, mas eficaz nas ações; A sua principal virtude é o posicionamento, com e sem bola, sempre a criar superioridade numérica;
[2013: Melhor a destruir do que a construir; Custou 17 milhões de euros ao Wolfsburgo (contratado ao Bayern); Jogador de coletivo; Baixa até entre os centrais para construir; Médio posicional, com características mais defensivas, funções de cobertura e noção de ocupação dos espaços]

10 Payet (MO): Capitão; Recua até ao meio-campo para defensivo para pegar na bola e aparece muito nas alas: basicamente, joga solto; Especialista em livres diretos; Autêntico artista, que joga a um ritmo muito elevado;

26 Germain (PL): Avançado muito móvel, que foge muito da área e joga bem de costas para a baliza;


Ausências:

Mandanda e Mitroglou

Astana (1-3 vs. Sporting 15.02.2018)

Stanimir Stoilov

Substituições:

56': Beisebekov por 88 Stanojevic (MCE);

64': Despotovic por 25 Malyi (DCD);

86': Tomasov por 45 Murtazaev.


Coletivo:

Futebol direto , à procura de Despotovic;


Individual:

1 Eric (GR): Capitão; No clube desde 2011; Internacional pelo Cazaquistão [jogou apenas um particular diante da Moldávia, em fevereiro de 2015];

27 Logvinenko (DCD): Internacional pelo Cazaquistão;

25 Malyi (DCD): Internacional pelo Cazaquistão;

5 Anicic (DCE): Sai bem a jogar, inclusivamente até ao meio-campo contrário; Internacional pela Bósnia [jogou apenas um particular frente ao Luxemburgo em março de 2016];

4 Shitov (DD): Internacional pela Bielorrússia [último jogo em março de 2017];

77 Shomko (DE): Executa lançamentos laterais longos; Internacional pelo Cazaquistão;

18 Maewski (MDF): Sempre bem colocado, é o ponto de equilíbrio da equipa, sempre na zona da bola a procurar criar superioridade numérica em cada lance; Internacional pela Bielorrússia;

15 Beisebekov (MCD): Jogador possante (1,87 m), de combate; Internacional pelo Cazaquistão;

6 Kleinheisler (MCE): O mais tecnicista da zona intermédia, capaz de sair a jogar e tomar as melhores decisões em situações de aperto; De baixa estatura (1,73 m); Internacional pela Hungria;

23 Twumasi (MAD): Rápido e evoluído tecnicamente; É um dos principais desequilibradores da equipa; Internacional pelo Gana;

14 Tomasov (MAE): Emprestado pelo Rijeka; Internacional pela Croácia [jogou apenas um particular diante da Coreia do Sul, em setembro de 2013];

9 Despotovic (PL): Possante (1,90 m), é a referência ofensiva da equipa no futebol direto, para discutir as primeiras bolas pelo ar; Internacional jovem pela Sérvia;


Ausências:

-

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Feirense (0-2 vs. Sporting 11.02.2018)

Nuno Manta Santos
Substituições:

74': Luís Machado por 45 Zé Manuel;

84': Babanco por 20 José Valencia;

84': Edson Farias por 21 Karamanos;


Coletivo:

Equipa pressiona o campo todo;

Equipa de transições;

Edson Farias e Luís Machado trocam de flanco entre si;


Individual:

22 Caio Secco (GR): Muito alto (1,92 m), tem bons reflexos e consegue ter um longo alcance de voo quando se atira para defender a bola; Tem um pontapé que faz a bola chegar muito longe;

13 Luís Rocha (DCE): Capitão; É dos centrais da I Liga que inventa menos com a bola em zona perigosa, tendo sido o terceiro da primeira volta com mais alívios por 90 minutos (7,0); Central goleador, leva cinco à 23.ª jornada da I Liga;

8 Tiago Silva (MO): Executa bolas paradas

12 Edson Farias (MAE): Muito rápido; Dá verticalidade; Jogador de transições;


Ausências:

Barge e Cris (lesionados) e Hugo Seco (castigado)

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Portimonense (1-3 vs. Benfica 10.02.2018)

Vítor Oliveira
Substituições:

46': Pedro Sá por Fede Varela (MCD);

75': Nakajima por Galeno (EE);

83': Dener por Pires (PL);


Coletivo:

Equipa com qualidade individual para progredir de forma apoiada com qualidade, mas também recorre muitas vezes às transições;

Passagem de 4x3x3 para 4x4x2 após a entra da Pires para o eixo do ataque;


Individual:

13 Felipe Macedo (DCE): Poderoso fisicamente (1,90 m), tem enorme capacidade de impulsão; Quando salta, vai ao primeiro andar;

26 Rúben Fernandes (DE): Muito posicional, contrasta com a locomotiva que Lumor era no lado esquerdo da defesa dos algarvios;

10 Ewerton (MCD): Joga em pezinhos de lã; Organizador de jogo da equipa;

11 Tabata (ED): Esquerdino na direita; Executa bolas paradas; É muito rápido;

23 Nakajima (EE): Dotado tecnicamente, flete muitas vezes da esquerda para o meio com a bola colada ao pé direito; Aparece muito por dentro; Arrasta defesas consigo durante as diagonais para depois passar a bola a um companheiro num espaço vazio; Executa bolas paradas;

90 Fabrício (PL): Não é um mero finalizador; Foge da área para ir buscar jogo atrás;


Ausências:

Jadson (lesionado)

Sp. Braga (3-1 vs. V. Setúbal 10.02.2018)

Abel Ferreira
Substituições:

69': João Carlos Teixeira por Fábio Martins (MAE);

75': Dyego Sousa por Hassan (PL);

85': Paulinho por Ryller;


Coletivo:

Diogo Figueiras (lado direito) mais ofensivo do que Sequeira (na esquerda);


Individual:

34 Raúl Silva (DCE): Fortíssimo no jogo aéreo, é um dos melhores marcadores da equipa e um jogador a ter muito em conta nas bolas paradas; Central goleador, leva cinco à 23.ª jornada da I Liga;

15 André Horta (MCD): Executa bolas paradas; Utiliza a sua qualidade técnica para proteger a bola;

47 Esgaio (MAD): Mortífero no último passe; Faz diagonais para dentro para criar desequilíbrios;

20 Paulinho (ACD): Executa penáltis; Esquerdino;

99 Dyego Sousa (ACE): É um ponta de lança possante (1,90 m), mas é muito mais do que um finalizador; Joga bem de costas para a baliza e segura bem a bola; É habilidoso e roda bem sobre os adversários;


Ausências:

Ricardo Ferreira e Fransérgio (lesionados) e Danilo (castigado)