terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Oliveirense (0-2 vs. V. Setúbal 23.01.2018)

Pedro Miguel

Substituições:

66': Diogo Valente por 23 Serginho (EE);

73': João Mendes por 22 Oliveira (MCE);

79': João Amorim por 40 Fabián Cuero (PL).


Coletivo:

Equipa gosta de explorar a profundidade, o tal espaço nas costas da defesa adversária, fazendo uso da velocidade de Riascos;

Equipa gosta de ter a bola, retendo-a e conseguindo fazê-la circular com eficiência. Tem uma posse de bola de qualidade;

Mudança de 4x3x3 para 4x4x2 com a troca de João Amorim por Fabián Cuero.


Individual:

1 Coelho (GR): Segurança a jogar com os pés, algo que é muitas vezes solicitado a fazer; Experiente, 33 anos, jogou na I Liga ao serviço de Paços de Ferreira e Penafiel;

11 Alemão (DD): Lateral muito ofensivo; Cruza bem;

4 Sérgio Silva (DCE): Produto da formação do clube; Capitão aos 23 anos;

5 Ricardo Tavares (DE): Executa livres diretos; Tem um forte remate de pé esquerdo e gosta de arriscar atirar à baliza de meia distância; Passou pela formação de Sporting e FC Porto;

6 Filipe Gonçalves (MDF): Patrão do meio-campo; Recua até entre os centrais para pegar na bola; Experiente, 33 anos, jogou na I Liga ao serviço de Sp. Braga, Leixões, V. Setúbal, Paços de Ferreira, Moreirense, Estoril e Nacional;

10 João Mendes (MCE): Tem qualidade de passe e visão de jogo; Executa bolas paradas;

27 Diogo Valente (EE): Canhoto; Executa grandes penalidades; Experiente, 33 anos, jogou na I Liga ao serviço de Boavista, FC Porto, Marítimo, Leixões, Sp. Braga, Académica e Gil Vicente e ainda jogou na Roménia pelo Cluj;

9 Riascos (PL): Muito rápido, dá profundidade ao ataque; 

22 Oliveira (MCE): Canhoto; Executa bolas palavras; Rotativo; Baixinho (1,68 m); 


Ausências:

Diogo Sousa (cedido pelo V. Setúbal) e Kadú (lesionado).

domingo, 21 de janeiro de 2018

Desp. Chaves (0-3 vs. Benfica 20.01.2018)

Luís Castro
Substituições:

60': Jefferson por 8 Patrão (MDF/MCE);

60': Jorginho por 10 Perdigão (ED);

85': Pedro Tiba por 5 Filipe Melo (MDF).


Coletivo:

Futebol apoiado de uma equipa que gosta de sair a jogar desde trás. Nunca há chutão para a frente, mesmo sob intensa pressão;

Equipa defende em 4x1x4x1.


Individual:

1 António Filipe (GR): Guarda-redes canhoto, pelo que os colegas procuram sempre o seu pé esquerdo no momento de lhe atrasar a bola;

6 Jefferson (MDF): Dá segurança na saída de bola, mostrando utilidade na construção de jogo, mas defensivamente não é muito eficiente no posicionamento;

12 Bressan (MCD): Tem qualdiade de passe; É o maestro da equipa;

25 Tiba (MCE): Evoluído tecnicamente, sabe proteger a bola, transportá-la, desenvencilhar-se em drible e organizar jogo;

91 Davidson (EE): Gosta de fletir da esquerda para o meio com a bola colada ao pé direito; Define mal;

11 William (PL): Móvel, joga bem de costas para a baliza;

8 Patrão (MDF/MCE): Tem um remate forte de pé esquerdo.


Ausências:

Matheus Pereira (castigado), Tiago Galvão (lesionado) e Elhouni (cedido pelo Benfica).

sábado, 20 de janeiro de 2018

Tondela (0-1 vs. FC Porto 19.01.2018)

Pepa
Substituições:

66': Sulley por Tyler Boyd (MAD);

78': Pedro Nuno por Ícaro Silva (DCD);

87': Murilo por Heliardo (PL).


Coletivo:

Defende em 4x4x2 à zona, podendo pressionar alto, procurando condicionar a rotina de jogo do adversário;

Equipa gosta de sair a jogar desde trás;

Marcação mista nos cantos defensivos;

Equipa rápida a recuperar posições nas transições defensivas;

Mudança de 4x2x3x1 para 4x1x3x2 com a entrada de Tyler Boyd, com Murilo (ou Heliardo) e Tomané no eixo do ataque;


Individual:

1 Cláudio Ramos (GR): Reflexos muito apurados;

24 Osorio (DCD): Forte fisicamente, sai bem a jogar;

23 Joãozinho (DE): Fecha muito bem o corredor, é forte nos duelos e muito difícil de bater; Decide muito bem o timing de meter o pé à bola;

10 Pedro Nuno (MO): Executa quase todas as bolas paradas;


Ausências:

Bruno Monteiro, Júnior Pius, Tembeng e Claude Gonçalves (lesionados)

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Estoril (vs- FC Porto 15.01.2018)

Ivo Vieira
Substituições:

30': Joel por Aylton (EE).


Coletivo:

Pressão alta, procurando defender em 4x1x4x1 e com a linha defensiva muito subida;

Dividiu posse de bola com FC Porto;

Equipa procura a jogar desde trás e chegar à frente através de um futebol apoiado;


Individual:

40 Renan Ribeiro (GR): Rápido a sair de entre os postes; Protege bem o espaço nas costas da sua defesa;

8 Eduardo (MCD): Esquerdino; Executa bem livres diretos;

17 Lucas Evangelista (MCE): Terceiro médio; Tecnicamente evoluído, protege bem a bola; Sem bola, é muito pressionante e não larga os adversários;

30 Abner (EE/DE): Dá verticalidade ao corredor enquanto lateral e extremo;

9 Bruno Gomes (PL): Características idênticas às de Kléber;


Ausências:

Mano, Gonçalo Brandão, Halliche, Thiago Cardoso, Lucão e Kléber (lesionados) e Fernando Fonseca (cedido pelo FC Porto)

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Moreirense (2-2 vs. V. Setúbal 15.01.2018)

Sérgio Vieira
Substituições:

46': Alan Schons por Edno (PL);

61': Cádiz por Dramé (SA);

77': Arsénio por Zizo (EE).


Coletivo:

Passagem de 4x3x3 a 4x4x2 com entrada de Edno, ainda que com Cádiz (ou Dramé) a atuar um pouco mais solto;

Equipa gosta de circular a bola e variar o flanco, à procura de espaço para progredir no terreno, mas também aposta nas transições, fazendo chegar a bola aos homens da frente através de passes longos, queimando linhas;


Individual:

95 Sagna (DD): Cruza bem; Executa bolas paradas;

5 Rúben Lima (DE): Executa bolas paradas;

90 Alfa Semedo (MDF): Sai bem a jogar e dá qualidade ao início de construção da equipa; Forte no jogo aéreo, é extremamente útil nas bolas paradas defensivas e ofensivas;

91 Neto (MCE): Tem qualidade de passe;

9 Edno (PL): Imponente no jogo aéreo; Remata forte de pé esquerdo; Executa livres diretos;

93 Dramé (SA): Joga solto nas costas de Edno;


Ausências:

Fati e Bruno Silva (lesionados).

Desp. Aves (0-3 vs. Sporting 14.01.2018)

Lito Vidigal
Substituições:

46': Alexandre Guedes por Arango (EE/PL);

71': Vítor Gomes por Paulo Machado (MCD);

79': Salvador Agra por Falcone (PL).


Coletivo:

Equipa que explora a profundidade nas costas da defesa adversário, tentando chegar à frente através de transições.

Bloco baixo e corredor central muito povoado.


Individual:

26 Ponck (DCE): Muito atento e bem posicionado;

16 Nildo (DE): Lateral muito ofensivo, até porque é um extremo de raiz; Executa bolas paradas;

77 Salvador Agra (ED): Rápido; Cruza bem;

23 Amilton (EE): Velocíssimo; Destro na esquerda, sempre à procura de diagonais da esquerda para o meio, em velocidade; Principal desequilibrador da equipa;



Ausências:



Mama Baldé e Ryan Gauld (emprestados pelo Sporting)

domingo, 14 de janeiro de 2018

Sp. Braga (1-3 vs. Benfica 13.01.2018)

Abel Ferreira
Substituições:

67': Xadas por Wilson Eduardo (SA);

67': Fábio Martins por João Carlos Teixeira (MAE);

80': Paulinho por Dyego Sousa (PL).


Coletivo:

Equipa que defende à zona, sem qualquer marcação individual apesar da valia do adversário: o Benfica;

Laterais muito projetados no ataque e alas por dentro, no início da construção de jogo;

Extremos com o pé trocado: Fábio Martins/João Carlos Teixeira destros na esquerda e Xadas canhoto na direita;

Alternância entre um futebol mais apoiado (preferencialmente) e um de transições, a procurar a velocidade dos homens da frente, para explorar a profundidade nas costas da defesa adversária;

Ricardo Horta passou para extremo direito após a entrada de Wilson Eduardo.


Individual:

3 Rosic (DCD): Forte no jogo aéreo;

47 Esgaio (DD): Cruza bem, rasteiro e tenso, para a zona entre centrais e o guarda-redes;

4 Jefferson (DE): Homem das bolas paradas;

10 Xadas (MAD): Canhoto na direita;

26 Fábio Martins (MAE): Destro na esquerda;

23 Rafael Costa (MCE): Tem um pé esquerdo interessante; É o homem das bolas paradas;



Ausências:

Ricardo Ferreira e Fransérgio (lesionados) e André Horta (emprestado pelo Benfica).

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Moreirense (1-2 vs. FC Porto 11.01.2018)

Sérgio Vieira
Substituições:

46': Alan Schons por Edno (PL);

85': Peña por Dramé (SA/ED);

88': Tozé por Cádiz (PL).


Coletivo:

Jogo direto, com muitas bolas bombeadas para a zona do ponta de lança;

Em determinado momento da segunda parte, Sérgio Vieira trocou o 4x3x3 pelo 4x4x2, com Tozé na esquerda, Zizo na direita, com Edno e Peña no eixo do ataque.


Individual:

22 Koffi (DD): Executa lançamentos longos;

27 Boubacar (MDF): Muito forte no jogo aéreo; Equilibra bem a equipa; É um puro destruidor de jogo, participando muito pouco na construção;

23 Rafael Costa (MCE): Tem um pé esquerdo interessante; É o homem das bolas paradas;

40 Zizo (ED): Muito irrequieto, joga nas duas alas;

20 Tozé (EE/MCD): Aparece muito na zona central e privilegia as diagonais da esquerda para o meio; Tem qualidade técnica e cruza bem; Esperava-se mais da sua carreira;

70 Peña (PL/ED/SA): Móvel, pode fazer várias posições no ataque;

9 Edno (PL): Muito experiente (34 anos); Possante (1,83 m e 80 kg), é forte no jogo aéreo e joga bem de costas para a baliza; Autêntico tanque; Já tinha trabalhado com o treinador Sérgio Vieira no São Bernardo; Já foi campeão brasileiro pelo Corinthians (2011) e em 2017 venceu a Série B pelo América Mineiro;



Ausências:

Mohamed Aberhoun (lesionado).



Extras:

Relvado do Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas com dimensões reduzidas em largura.