terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Zenit (1-0 vs. FC Porto 22.10.2013)

Luciano Spalletti
Substituições:

65’ Arshavin por 18 Zyryanov (MCE);

73’ Shirokov por 11 Kerzhakov (PL);

81’ Smolnikov por 4 Criscito (DE);


Coletivo:

Forte nas transições rápidas, aproveitando a capacidade física de Hulk;

Equipa gosta de ter a bola, de a fazer circular;

Equipa vive um pouco das individualidades: Danny, Arshavin e Hulk;

52% Posse de bola;


Variações táticas:

Após a saída de Shirokov e entrada de Kerzhakov, Shatov passou para médio-ofensivo e Hulk para extremo-direito;

Após a saída de Smolnikov, Ansaldi passou para lateral-direito;


Individual:

1 Lodigin (GR): Custou apenas 800 mil euros no verão de 2013; Bom guarda-redes; Arredou o veterano Malafeev da titularidade;

19 Smolnikov (DD): Muito veloz; Ex-Krasnodar;

3 Ansaldi (DE): Lateral de propensão ofensiva;

20 Fayzulin (MCD) e 17 Shatov (MCE): Apesar de serem os médios mais defensivos, são criativos e dão à equipa capacidade para sair a jogar desde trás;

23 Arshavin (MAD): Enorme talento, mas sem a capacidade física de outros tempos; Grande capacidade técnica; Não o veremos no Brasil, pois renunciou à seleção russa em agosto de 2012; Não mostrou em Inglaterra, pelo Arsenal, as razões pelas quais se evidenciou na Rússia;

15 Shirokov (MO): Muito próximo do ponta-de-lança; Experiente (32 anos); Tem grande capacidade técnica;

10 Danny (MAE): Flete da esquerda para o meio, puxando a bola para o seu pé direito;

7 Hulk (PL): Portento físico; Muito rápido e possante; Cobra livres diretos; Algo individualista;

4 Criscito (DE): Contratado ao Génova em 2011 por 15 milhões de euros; Começou a temporada lesionado;


Ausências:

Witsel;

FC Porto (0-1 vs. Zenit 22.10.2013)

Paulo Fonseca
Substituições:

53’ Licá por 17 Varela (ACD);

75’ Josué por 35 Defour (MCE);

87’ Lucho por 11 Ghilas;


Coletivo:

Equipa que gosta de ter a posse de bola e jogar instalada no meio-campo adversário;

48% Posse de bola;


Variações táticas:

A jogar com dez, fruto da expulsão de Herrera, Josué passou para médio-centro, e Licá para o centro do ataque;


Individual:

1 Helton (GR): Veterano guarda-redes (35 anos);

26 Alex Sandro (DE): Envolve-se bem no ataque;

25 Fernando (MCD): Muito pressionante; Bastante ágil; Consegue fazer cortes impossíveis;

8 Josué (MAD): Cobra livres diretos; Tem precisão de passe;

19 Licá (MAE): Flete da esquerda para o meio;

17 Varela (ACD): Desequilibrador;

Betis (0-2 vs. Athletic Bilbao 15.01.2014)

Juan Carlos Garrido
Substituições:

62’ Salva Sevilla por 24 Rúben Castro (ACE);

71’ Lolo Reyes por 15 Perquis (MCD);

75’ Léo Baptistão por 9 Chuli (ED);


Coletivo:

Equipa defende em 4x5x1 com as duas linhas mais recuadas bastante juntas;


Variações táticas:

Após a entrada de Rúben Castro e saída de Salva Sevilla, a equipa passou a jogar em 4x4x2;

Juan Carlos e Léo Baptistão trocam de flanco entre si;


Individual:

6 Léo Baptistão (ED): Emprestado pelo Atlético Madrid;

Athletic Bilbao (2-0 vs. Betis 15.01.2014)

Ernesto Valverde
Substituições:

66’ Aduriz por 9 Kike Sola (PL);

76’ Ander Herrera por 7 Beñat (MO);

86’ Mikel Rico por 18 Gurpegui (MCE);


Individual:

4 Laporte (DCE): Internacional sub-21 francês na mira da seleção principal;

8 Iturraspe (MCD): Pensador de jogo; Qualidade de passe excecional; Lento; Não muito rotativo;

17 Mikel Rico (MCE): Envolve-se bem no ataque; Aparece em zona de finalização; Veteraníssimo (36 anos);

21 Ander Herrera (MO): Gosta de recuar para pegar no jogo; Grande visão de jogo; Conhece a movimentação dos seus colegas e gosta de lhes passar a bola para as costas da defesa;

11 Ibai Gómez (MAE): Jogando do lado esquerdo, pode fletir do flanco para o meio, puxando a bola para o seu pé direito; Faz uso da trivela, em detrimento do seu pé esquerdo;

18 Gurpegui (MCE): Muito experiente (33 anos);


Público/ Estádio/ Extras:

Nunca desceu de divisão;

Último campeonato foi conquistado há 30 anos;

Capacidade total do estádio por esta altura: 32 000 lugares;

Único estádio com praticamente 100% de ocupação em todos os jogos;

Almería (1-6 vs. Athletic Bilbao 11.01.2014)

Francisco Rodríguez
Substituições:

55’ Soriano por 6 Tébar (MCD);

55’ Óscar Díaz por 19 Jonathan Zongo (PL);

67’ Aleix Vidal por 17 Suso (ED);


Coletivo:

35% Posse de bola;


Variações táticas:

Após a entrada de Tébar, o Almería inverteu o triângulo do meio-campo, e Verza recuou para médio-defensivo;


Individual:

1 Esteban Suárez (GR): Muito experiente (38 anos); Baixo para um guarda-redes (179 cm);

2 Torsiglieri (DCE): Ex-Sporting; Muito alto (190 cm);

31 Azeez (MCE): Forte fisicamente; Tem qualidade de passe; Transporta bem a bola;

11 Hélder Barbosa (MAE): Dos mais evoluídos tecnicamente da sua equipa;

17 Suso (ED): Trata muito bem a bola; Muito habilidoso;

Francisco Rodríguez: Treinador muito jovem (35 anos);


Ausências:

Rodri e Nélson;

Athletic Bilbao (6-1 vs. Almería 11.01.2014)

Ernesto Valverde
Substituições:

50’ Susaeta por 11 Ibai Gómez (MAD);

61’ Muniain por 10 De Marcos (MAD);

75’ Aduriz por 9 Kike Sola (PL);


Coletivo:

Centrais abrem, laterais sobem e médios pegam na bola, no início da construção de jogo;

65% Posse de bola;


Variações táticas:

1 Iraizoz (GR): Dos melhores guarda-redes do campeonato espanhol;

15 Iraola (DD) e 24 Balenziaga (DE): São dois laterais muito ofensivos;

6 San José (DCD): Forte no jogo aéreo; Excelente central; Cobra livres diretos (pé esquerdo);

4 Laporte (DCE): Único estrangeiro da equipa (francês); Formando no Athletic; Segundo jogador do País Basco francês da história do clube; O primeiro tinha sido Lizarazu;

8 Iturraspe (MCD): Baixa até entre os centrais para pegar no jogo e construir;

17 Mikel Rico (MCE): Médio muito competente; Pressionante; Recupera muitas bolas;

14 Susaeta (MAD): Excelente extremo-direito;

21 Ander Herrera (MO): Tem classe e trabalha muito; Todo-o-terreno com muita qualidade técnica; Tem qualidade de remate;

19 Muniain (MAE): Flete da esquerda para o meio, sempre com a bola no seu pé direito; Belíssimo jogador;

20 Aduriz (PL): Móvel; Não se fixa na área adversária; Forte no jogo aéreo;

11 Ibai Gómez (MAD): Gosta de fazer passes/cruzamentos de trivela, com o pé direito; Cobra grandes penalidades;

9 Kike Sola (PL): Forte e poderoso;


Ausências:

Gurpegui;


Público/ Estádio/ Extras:

Estádio ainda em obras;

Estádio inaugurado em Setembro de 2013;

Estádio terá capacidade para 53 000 espetadores;

Grande ambiente, a fazer lembrar o futebol inglês; O clube foi fundado por britânicos, e essa foi a razão pela qual o nome do clube (Athletic) é em inglês;

Ainda não perdeu em casa esta temporada, ou seja, desde que o novo estádio foi inaugurado;

Com a ditadura franquista, o clube mudou de nome para Club Atlético de Bilbau, pois só se podia utilizar a língua castelhana; Com a morte de Franco, o clube voltou ao nome original;

Alcunha: Leões de San Mamés;

Fernando Llorente e Javi Martínez os últimos grandes talentos exportados pelo Athletic;

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Athletic Bilbao (0-1 vs. Betis 08.01.2014)

Ernesto Valverde
Substituições:

59’ Susaeta por 21 Ander Herrera (MO);

59’ Mikel Rico por 19 Muniain (MAD);

79’ Beñat por 10 De Marcos;


Coletivo:

Após a saída de Mikel Rico, Beñat passou para médio-centro;

Ibai Gómez e Muniain trocam de flanco entre si;


Individual:

13 Iago Herrerín (GR): Sem a classe de Iraizoz;

24 Balenziaga (DE): Lateral ofensivo;

5 Morán (MCD): Médio mais posicional;

17 Mikel Rico (MCE): Muito do jogo da sua equipa passa pelos seus pés; Intermediário no meio-campo, entre o médio mais defensivo e o ofensivo;

7 Beñat (MO): Tem qualidade de passe;

11 Ibai Gómez (MAE): Flete da esquerda para o meio; Gosta de fazer passes de trivela;

9 Kike Sola (PL): Esteve gravemente lesionado no início da época; Perdulário;


Ausências:

Albizua;

Betis (1-0 vs. Athletic Bilbao 08.01.2014)

Juan Carlos Garrido
Substituições:

64’ Cédrick 19 Molina (PL);

72’ Chuli por 21 Reyes;

83’ Salva Sevilla por 35 Abeledo;


Coletivo:

Jogo interior, com os extremos a jogar de pé trocado;

34% Posse de bola;


Variações táticas:

Após a entrada de Molina, Rubén Castro passou para extremo-esquerdo;


Individual:

9 Chuli (ED): Canhoto na direita, procura fletir sempre que possível;

22 Cédrick (EE): A grande revelação da equipa esta temporada; Muito rápido; Desequilibrador;


Ausências:

Paulão (lesionado);

Real Sociedad 2-0 Athletic Bilbao (05.11.2014)

Jagoba Arrasate

Ernesto Valverde

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Boca Juniors (2-3 vs. Arsenal de Sarandí 18.11.2013)

Carlos Bianchi
Substituições:

61’ Caruzzo por 7 Martínez (EE);

74’ Méndez por 20 Paredes;

88’ Zárate por 9 Blandi;



Coletivo:

Futebol apoiado, com cada ataque a passar quase que obrigatoriamente pelos pés de Riquelme;


Variações táticas:

Após a saída de Caruzzo, Erbes recuou para lateral-direito; O Boca passou a jogar em 4x3x3, com Riaño como extremo-direito e Gigliotti como ponta-de-lança;


Individual:

12 Tripodi (GR): Guarda-redes experiente (32 anos);

22 Ribaír Rodríguez (DCD): Um dos poucos não argentinos do plantel;

10 Riquelme (MO): Com um aspeto mais pesado do que quando jogava na Europa; Recua muito para buscar a bola; Patrão do meio-campo; Remata bem a meia distância; Nunca se esconde do jogo, procura sempre a bola;

7 Martínez (EE): Tem um grande poder de aceleração;


Ausências:

Orión;

Arsenal de Sarandí (3-2 vs. Boca Juniors 18.11.2013)

Gustavo Alfaro
Substituições:

63’ Carrera por 10 Rolle (MAE);

66’ Caraglio por 11 Zelaya (ACD);

67’ Aguirre por 33 Sperduti (MAD);


Coletivo:

Equipa muito intensa;

Pratica futebol direto;

Sente-se bem sem bola;


Individual:

19 Aguirre (MAE): Especialista em livres diretos (pé esquerdo); Homem das bolas paradas; Grande precisão na colocação da bola;

18 Caraglio (ACE): Frio na finalização;


Público/ Estádio/ Extras:

Clube dos arredores de Avellaneda;

Estádio conhecido como “El Viaducto”;

Clube em ascensão na Argentina;

San Lorenzo (0-0 vs. Vélez Sarsfield 15.12.2013)

Juan Antonio Pizzi
Substituições:

58’ Romagnoli por 24 Cavallaro (MAD);

72’ Ruiz por 15 Villalba;

83’ Correa por 8 Kalinski;


Coletivo:

Homens da frente apresentam grande mobilidade;

Dupla de avançados varia entre quem fica entre os centrais e quem recua para buscar jogo;


Variações táticas:

Piatti e Romagnoli trocam de flanco entre si;


Individual:

7 Buffarini (DD): Dá profundidade ao seu corredor;

5 Mercier (MCE): Referência na recuperação de bola; Tem vasta experiência (33 anos); Equilibra a equipa; Subcapitão;

10 Romagnoli (MAD): Ex-Sporting; Não é um flanqueador, por isso povoa sobretudo a zona central; Muito do jogo do San Lorenzo passa pelos seus pés; Capitão; Fisicamente sem a frescura de outros tempos;

28 Piatti (MAE): Transporta bem a bola; Flete da esquerda para o meio, puxando a bola para o seu pé direito;


Ausências:

Alvarado (castigado); Cauteruccio (lesionado);


Público/ Estádio/ Extras:

Papa Francisco é adepto do San Lorenzo;

Beto Acosta é uma das lendas do clube; Bergessio também por lá passou;

Vélez Sarsfield (0-0 vs. San Lorenzo 15.12.2013)

Ricardo Gareca
Substituições:

68’ Insúa por 8 Canteros;

70’ Cubero por 99 Acuña;

76’ Desábato por 19 Rescaldani;


Individual:

5 Cubero (DD): Menos ofensivo que Papa;

3 Papa (DE): Apoia muito o ataque;

12 Pratto (ACE): Muito possante; Móvel; A sua fisionomia engana o tipo de jogar que é;

Ricardo Gareca: Campeão do Torneo Inicial em 2012/13; Técnico muito conceituado na Argentina;


Ausências:

Zárate (castigado); Cabral (lesionado);

Ponte Preta (2-0 vs. Vélez Sarsfield 07.11.2013)

Jorginho
Substituições:

74’ Elias por 8 Fernando Bob;

83’ Rildo por 13 Régis;

89’ Chiquinho por 17 Betão;


Coletivo:

Aposta em transições rápidas;


Individual:

1 Roberto Tigrão (GR): Pouco fiável nas saídas aos cruzamentos;

3 César (DCD): Autêntica torre;

20 Magal (MCE): Forte na marcação; Importante a destruir jogo; Forte fisicamente;

7 Rildo (ACD): Desequilibrador; Muito teatral;

Vélez Sarsfield (0-2 vs. Ponte Preta 07.11.2013)

Ricardo Gareca
Substituições:

67’ Canteros por 28 Caseres (ACE);

72’ Allione por 10 Insúa (MCD);

76’ Rescaldani por 7 Copete (ACD);


Coletivo:

Futebol apoiado;

Exploração dos três corredores;

Linhas muito próximas no momento defensivo; Toda a gente defende junto à área;

Flanqueadores jogam praticamente como médios interiores;

Equipa pratica um futebol algo denunciado;


Variações táticas:

Com a saída de Canteros e entrada de Caseres, a equipa passou a jogar em 4x4x2 losango: Pratto recuou para médio-ofensivo e Romero para médio-defensivo;


Individual:

13 Sosa (GR): Não se sente à vontade a jogar com os pés; Belo guarda-redes; Um dos poucos não argentinos do plantel;

5 Cubero (DD): Capitão;

2 Tobio (DCD) e 6 Domínguez (DCE): Dupla de centrais experiente;

3 Papa (DE): Dá profundidade ao seu corredor; Apoia muito a equipa no ataque;

8 Canteros (MCD): Jogador muito influente na construção de jogo; É quem se solta mais do duplo pivot;

29 Romero (MCE): Médio mais posicional;

21 Allione (MAD): Falso flanqueador; Joga praticamente como médio interior;

11 Cabral (MAE): Falso flanqueador; Joga praticamente como médio interior;

19 Rescaldani (ACD): Avançado fixo; Forte impulsão; Muito pouco lesto;

12 Pratto (ACE): Muito possante; Móvel;

10 Insúa (MCD): Cobra livres diretos;

Ricardo Gareca: Muito respeitado; No clube há várias épocas;


Ausências:

Zárate (lesionado);

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Vélez Sarsfield (0-0 vs. Ponte Preta 31.10.2013)

Ricardo Gareca
Substituições:

9’ Zárate por 28 Caseres (ACD);

88’ Canteros 23 Desábato;


Individual:

12 Pratto (ACE): Referência no jogo aéreo;


Público/ Estádio/ Extras:

Estádio situa-se nos arredores de Buenos Aires;

Ponte Preta (0-0 vs. Vélez Sarsfield 31.10.2013)

Jorginho
Substituições:

64’ Chiquinho por 25 Adrianinho;

69’ Rafael Ratão por 27 Adaílton;

82’ Artur por 13 Régis;


Individual:

15 Fellipe Bastos (MAD): Cobra livres diretos;